Sabemos que hábitos alimentares ruins, falta de exercício físico e o fator genética são alguns dos agentes que contribuem para a obesidade, que, por sua vez, podem levar ao desenvolvimento de problemas como diabetes e doenças cardíacas. A justificativa para aqueles que não se dedicam a um estilo de vida mais saudável é que, além da dificuldade de acompanhar uma dieta equilibrada, livre de pizzas, doces e frituras, a prática de atividades físicas causam muitas dores pelo corpo.

O incômodo é real e tem sua origem no aumento de sobrecarga nas articulações e nos tecidos dessas regiões, por isso, é tão importante estar atento com a saúde. Além destes, outros problemas que o excesso de peso pode acarretar são as rachaduras e calosidades. “Se não forem tratadas podem agravar e transformar-se em feridas ou até mesmo em mal perfurante plantar, que é uma ulceração crônica que ocorre em áreas onde há a diminuição da sensibilidade protetora dos pés”, explica a podóloga da Doctor Feet, Cristina Lopes.

“Para prevenir e evitar a abertura de rachaduras, o ideal é utilizar um bom hidratante”, acrescenta a especialista. Ela ressalta ainda que os pés merecem atenção especial e devem ser avaliados com maior frequência por pessoas nessas condições. “É preciso assegurar a integridade de quem tem sobrepeso, se o paciente tiver diabetes, por exemplo, poderá agravar o estado e levar até a amputação do membro”, complementa.

Segundo a podóloga, para garantir a saúde dos pés é preciso, ao menos uma vez ao mês, buscar especialistas que auxiliem na prevenção e no tratamento. “É imprescindível reforçar a importância da higiene e da atenção nestas áreas que, muitas vezes, são deixadas de lado e não recebem o cuidado e atenção que merecem”, finaliza.

Compartilhar: