09/11
Doctor Feet traz novidades para o cuidado dos pés

O uso terapêutico da argila remonta aos egípcios e outros povos antigos que conheciam seus efeitos purificadores e atribuíam-lhe uma grande força curativa. No início do século XX, naturopatas alemães entre eles Kneipp, Kuhn, Just e Felke, foram os que mais contribuíram para o renascimento do emprego da argila no contexto dos tratamentos naturais. 

De origem mineral, a argila traz em sua composição ferro, magnésio, cálcio, sódio, potássio e muitos outros elementos vitais, pois possui a propriedade de irradiar a energia (radioatividade) do solo, do ar e da água transmitindo vitalidade ao organismo. Entretanto, é preciso tomar cuidado para que o produto seja de boa procedência e não esteja contaminado por poluição e agrotóxicos. 

“As argilas medicinais são ótimas aliadas nos tratamentos estéticos, atuando como um dos mais poderosos bactericidas, inibindo o desenvolvimento dos germes patogênicos e favorecendo a regeneração celular, curando com rapidez feridas e úlceras. Também possui um grande poder cicatrizante na epiderme e na derme, que regeneram sem deixar cicatrizes, devido à alta concentração de silicato de alumínio que possui. Além disso, seu uso promove a esfoliação, suaviza e acalma a pele”, afirma Cristina Lopes, coordenadora técnica da Rede Doctor Feet.  

Por todas essas propriedades, a Doctor Feet desenvolveu uma fórmula exclusiva com argila branca - indicada para peles sensíveis e desidratadas - para o tratamento e cuidados dos pés.  

A argila utilizada pelos podólogos da Rede já vem pronta em um sachê, com a mistura e dosagem certas para uso imediato. É muito importante que antes do processo os pés estejam limpos e higienizados.  O tratamento é feito aplicando-se o conteúdo nos pés, até que seque. O produto é retirado com água e o procedimento é finalizado com creme hidratante.  A partir do dia 03 de novembro, o tratamento de argiloterapia estará sendo oferecido em todas as 78 lojas da rede Doctor Feet.  O atendimento é feito com hora marcada e traz melhores resultados quando combinado com o tratamento tradicional de podologia.  

Fonte: Gazeta da Semana
Compartilhe: